Dicas para negociar o aluguel e driblar os aumentos
Escolha como quer aprender:

O aluguel aumentou e você quer negociar com o proprietário ou imobiliária? Veja as dicas que preparamos para te ajudar nessa missão.

Dicas para negociar o aluguel e driblar os aumentos

Quem mora de aluguel sabe que o custo da moradia costuma ser reajustado, principalmente, na virada de um ano para outro.

Isso acontece porque os preços ligados ao setor imobiliário avançam segundo a inflação e o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado). Em 2021 houve um aumento de 17,78%, segundo o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE). Já no ano anterior a alta foi de 23,14%.

Porém, nem sempre é necessário seguir esses aumentos à risca. Dependendo da situação, é possível negociar com a imobiliária, ou com o dono do imóvel, caso ele tenha fechado a locação sem intermediários.

Para saber como fazer essa negociação e ter mais chance de sucesso, é só continuar a leitura por aqui que o Cartão Carrefour te ajuda!
 

Busque a média de preços na região

Antes de pedir qualquer redução ou congelamento do valor do aluguel, é interessante fazer uma pesquisa de preços na sua região para saber se você está pagando a média do bairro. 

Faça uma busca na internet e pergunte o valor do aluguel para os vizinhos, amigos, ou parentes que moram nas redondezas e divida os preços pelo tamanho do imóvel. Por exemplo, se seu vizinho paga R$ 1.500,00 em um apartamento de 45 metros quadrados, o custo é de R$ 33,33 por metro quadrado.  

Depois, faça o mesmo exercício com o seu imóvel, dividindo o aluguel pelo tamanho para entender se o custo está ou não dentro da média da região. Em caso negativo, esse pode ser um argumento na hora de conversar com a imobiliária ou proprietário.
 

Agende uma conversa franca

Ao negociar o aluguel, evite pegar o proprietário ou o corretor de surpresa. Imagine, por exemplo, que você aborda o dono do imóvel em um momento em que ele está atrasado para buscar os filhos na escola. Provavelmente, você não terá muita atenção, não é? 

O mais indicado é agendar uma reunião com dia e hora marcada para que vocês possam conversar com calma e sem interrupções. 

Quando for conversar, seja transparente, exponha suas preocupações com o aumento do aluguel, mas também esteja aberto para ouvir o que o outro lado tem a dizer. Mesmo que não seja possível manter o preço antigo, ser honesto e compreensivo pode te ajudar a encontrar um meio termo entre o que o proprietário quer receber e o que você pode pagar.
 

Se comprometa a fazer sua parte

Uma forma de aumentar suas chances de ter sucesso ao negociar o aluguel é mostrar comprometimento para o dono ou imobiliária. 

Ter um bom histórico de pagamento e garantir que vai continuar pagando em dia (ou, quem sabe, até adiantado), mostra que você tem responsabilidade com suas obrigações financeiras, e isso é bem valorizado pelo locador. 

Também é muito importante ser um bom inquilino, ou seja, cuidar bem do imóvel que está alugando e evitar dar dor de cabeça para o dono - como, gerar reclamações entre os vizinhos, por exemplo. 

Esse tipo de comportamento faz com que o proprietário não queira te perder. E isso pode ser crucial se você precisa negociar o valor do aluguel. 

Até porque, mais vale o proprietário ganhar um pouco menos, do que correr o risco de arrumar um inquilino que dá trabalho e não paga em dia.
 

Pesquise outros imóveis

Se o proprietário ou imobiliária não cede na negociação e o valor do aluguel está pesando no seu bolso, talvez seja necessário buscar outro imóvel e colocar em pauta uma possível mudança.

Nessa pesquisa, vale avaliar a localização, condições do novo local, tamanho, facilidade de transporte e segurança. Se avaliar que trocar de casa é o melhor caminho, tenha o cuidado de ler o seu contrato de locação e ver quais são as condições para desocupar o imóvel antes do combinado. 

O que achou deste conteúdo? Será que é hora de negociar o aluguel ou buscar novos ares? 


Te convidamos a continuar navegando em nosso blog e conferir mais conteúdos sobre finanças que o Cartão Carrefour tem para você.

Fique por dentro das novidades

O Cartão Carrefour tem muito mais dicas para você ficar sempre no comando das suas contas.


Não perca tempo! peça já seu cartão!
Mais artigos para você