Golpe do Pix: quais são os mais comuns e como se proteger
Escolha como quer aprender:

Da mesma forma que o Pix facilitou as transferências eletrônicas, também surgiram golpes envolvendo essas transferências. Saiba todos os detalhes aqui e fique atento para não ser vítima.

O PIX, sistema de pagamentos instantâneos, chegou em 2020 para facilitar as transferências eletrônicas entre contas bancárias. Porém, junto com essa facilidade, também surgiram algumas fraudes, que estão sendo conhecidas como o golpe do Pix.

Há diferentes formas desse tipo de golpe ser aplicado e provavelmente você até já conhece alguma história de alguém que se tornou vítima.

Por isso, vamos contar abaixo os tipos de golpe do Pix mais comuns para que fique atento e evite cair nessa fraude. Também destacamos algumas dicas de segurança para proteger seus dados.
 

Leia também: O que é o golpe do delivery e como não cair nele
 

Golpe do Pix: conheça os mais aplicados

Comprovante de pagamento falso

Nesse tipo de golpe do Pix, o criminoso compra um produto ou serviço com uma pessoa física. Para provar que fez o pagamento, ele apresenta um comprovante de transferência Pix. Ele é igual um comprovante comum, porém é falso.

Em situações como essa, quem está vendendo precisa confirmar o valor do Pix em sua conta, antes de entregar o produto ou efetuar o serviço. Assim, pode identificar essa fraude e denunciá-la.
 

Golpe do Pix por SMS

Em casos como esse, o golpista envia um SMS para o celular da vítima, com informações de promoções ou descontos, por exemplo, na próxima fatura do seu cartão de crédito.

O golpe funciona da seguinte forma: o sms é enviado pedindo para que a pessoa faça uma transferência Pix imediata para ter acesso ao desconto.O que acontece é que não existe nenhum desconto, e a pessoa fica no com o prejuízo. 

A verdade é que é bem raro que as empresas façam esse tipo de campanha. Por isso, se ver algo do tipo por aí, tome muito cuidado.
 

Whatsapp clonado

Outro golpe muito comum é o criminoso gerar um código de acesso do WhatsApp, entrar em contato com o dono do telefone, e tentar criar uma história para conseguir o código de verificação que chega por SMS.

Pode ser que ele diga ser de alguma rede de lojas, ou que alegue ser da companhia de telefonia, por exemplo. Mas essas empresas não costumam solicitar códigos de SMS para atender os seus consumidores. 

Se você informar a numeração, o golpista tem acesso a todos os contatos da pessoa e pode chamar membros da família ou amigos para solicitar uma transferência Pix, se passando por ela e informando que está em apuros.
 

Falso atendente

Também é muito frequente nesses tipos de golpe do Pix uma pessoa entrar em contato se passando por um atendente da operadora de cartão de crédito, ou funcionário de banco.

Em situações como essa, o suposto atendente oferece um novo plano para sua conta, desconto na fatura, ou simplesmente pede para fazer um teste no Pix. Porém, o golpista solicita que a transferência do valor via PIX seja feita naquele momento, não dando tempo para a pessoa pensar.

O fraudador, então, consegue o valor e a pessoa acaba se tornando mais uma vítima desse tipo de golpe.
 

O Cartão Carrefour reforça que nunca entra em contato com o cliente para falar sobre o Pix e também não solicita os dados do seu cartão de crédito ou senha.


Se você tiver dúvidas sobre o seu cartão, é possível entrar em contato com a central de relacionamento do
Cartão Carrefour nos números: 3004-2222 (para capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 718 2222 (demais localidades).
 

Saiba como se proteger do golpe do PIX

  • Desconfie de promoções e mensagens que solicitam que faça um cadastro Pix.
  • O cadastro PIX sempre é feito dentro do aplicativo do seu banco.
  • Nunca informe seus dados pessoais ou financeiros para ninguém.
  • Quando precisar contatar uma empresa, busque seus canais oficiais nas redes sociais ou de atendimento ao cliente. Nas redes, verifique se a conta que está falando contigo é oficial, ou seja, que possui um selo azul ao lado do nome.
  • Não clique em links desconhecidos ou faça operações via Pix fora do app do seu banco.
  • Sempre confira o valor em sua conta quando receber uma transferência Pix. Não se esqueça que a transferência acontece de forma imediata, em apenas alguns segundos.
  • Evite deixar senhas salvas no navegador do seu celular ou notebook.
     

Veja mais dicas de segurança que o Cartão Carrefour preparou para você


Caso tenha sido vítima do golpe do Pix, faça imediatamente um boletim de ocorrência e entre em contato com a central de relacionamento do seu banco para solicitar o bloqueio da sua chave Pix e também do aplicativo que a chave estava cadastrada.


Compartilhe essas informações e aproveite para conhecer outras dicas sobre o uso do cartão de crédito, empreendedorismo e finanças em nosso blog do Cartão Carrefour.

Fique por dentro das novidades

O Cartão Carrefour tem muito mais dicas para você ficar sempre no comando das suas contas.


Não perca tempo! peça já seu cartão!
Mais artigos para você
Ícone seta esquerda Previous Ícone seta direita Next