GOVERNANÇA CORPORATIVA

Corporativo e Mercadológico

O Carrefour Soluções Financeiras foi criado em maio de 2007. A partir do sucesso do Cartão, o Carrefour sentiu a necessidade de ampliar as facilidades e criar novos serviços para satisfazer os seus clientes.

Em constante busca por novos recursos e pela atualização dos serviços da casa, a nossa prioridade é levar aos clientes oportunidades de descontos e ofertas durante toda a semana nas lojas Carrefour.

Além disso, contamos com ações de incentivo ao uso do Cartão Carrefour no setor alimentar de nossas lojas, por meio de descontos e prazos exclusivos aos nossos clientes. Já no setor não alimentar, contamos com diferenciais no parcelamento e nos prazos de pagamento para quem adquire o cartão.

Para que os clientes entrem em contato conosco, há diversos canais de comunicação, como e-mail, celular e website para divulgação de nossas promoções e diferenciais

Conheça mais sobre a nossa história

Estrutura de Gerenciamento de Riscos e Capital

O Carrefour Soluções Financeiras atua com uma estrutura independente das outras atividades do Carrefour. O nosso foco é o gerenciamento de riscos e capital com o objetivo de atenuá-los de forma administrativa e de acordo com os limites estabelecidos pela instituição.

Os riscos incorridos e identificados são reportados e discutidos no Comitê de Ativos e Passivos (ALCO). O seu cumprimento é acompanhado mensalmente pela área de Gestão de Riscos por métodos estatísticos e financeiros.

O Gerenciamento de Riscos e Capital coordena diretamente as atividades relacionadas aos riscos de liquidez, mercado, crédito, operacional e Capital. Para essa atuação, o Carrefour Soluções Financeiras demonstra plena adesão às boas práticas internacionais estabelecidas por Basileia, além da regulação instaurada pelo Banco Central do Brasil.

 

Risco de Mercado
O risco de mercado a que a instituição está exposta é, basicamente, ligado à negociação de instrumentos financeiros das atividades de banco de varejo, que envolve risco de taxa de juros e investimentos em ativos que estão em outras moedas que não o Real, os quais envolvem taxa de câmbio. O monitoramento e acompanhamento da exposição são feitos pelo VaR, cujo cálculo se dá de forma sistêmica.

Além do VaR, são estudados cenários de estresse elaborados com base em situações hipotéticas para as taxas de mercado, com análise de possíveis impactos nas posições, ativa e passiva, mantidas pela instituição.

O Carrefour Soluções Financeiras reporta mensalmente ao Banco Central do Brasil o Demonstrativo de Risco de Mercado (DRM) pelo Sistema de Transmissão de Arquivos (STA).
 
Risco de Liquidez
A instituição mantém, na estrutura de gerenciamento de riscos e capital, o controle absoluto do risco de liquidez a que está exposta. Por uma gestão estruturada e que age com antecedência aos movimentos de mercado, adota medidas preventivas com o objetivo de garantir a manutenção de nível de liquidez suficiente para permanecer coberto, inclusive, em cenários adversos.

O gerenciamento de risco de liquidez envolve a simulação de cenários de estresse, considerando as premissas de maior impacto, como: aumento na inadimplência (redução de recebimentos), aumento no custo de funding e momentos de escassez de liquidez no mercado.  A partir destes cenários, são identificados os riscos incorridos e definidas as linhas de contingência, além das estratégias que serão acionadas. Essa decisão é tomada no ALCO, aprovada pelos membros e registrada em ata.

Risco de Crédito
Atualmente, o Carrefour Soluções Financeiras atua no varejo via concessão de crédito a pessoas físicas pelo Cartão Carrefour Private Label, bandeira Visa® ou Mastercard®. Os principais riscos de crédito incorridos pela instituição estão relacionados à inadimplência de tomadores de créditos na liquidação dos compromissos assumidos, desembolsos financeiros para honrar compromissos de créditos ou operações de natureza semelhante e de possíveis renegociações em termos desfavoráveis frente às condições pactuadas inicialmente.

A estrutura de gerenciamento de risco de crédito acompanha os indicadores de concessão de crédito, da classificação e performance de seus clientes e de recuperação de operações inadimplentes lançadas à perda. A concessão de crédito é realizada através da seleção de clientes, bem como de análise qualitativa e quantitativa de perfis. Para uma melhor adequação do limite a ser disponibilizado, a área conta com sistemas, modelos e indicadores que são aprovados segundo as políticas internas da instituição.

Risco Operacional
O Risco Operacional é a possibilidade de ocorrência de perdas efetivas ou estimadas, em função de ineficiência ou ausência de processos e/ou controles internos inadequados como falhas humanas, sistêmicas, ou ainda de perdas decorrentes de eventos externos (catástrofes naturais, crises sociais e econômicas do mercado, problemas com infraestrutura e crises sistêmicas). Inclui ainda o risco legal, associado à inadequação ou deficiência em contratos firmados pela Instituição, bem como as sanções em razão de descumprimento de dispositivos legais e a indenização por danos a terceiros decorrentes das atividades desenvolvidas pela Instituição.

Seguindo os princípios de boa gestão, a estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional do Carrefour Soluções Financeiras é composta pela área de Risco Operacional (2ª Linha de Defesa), em conjunto com a atuação das áreas de negócios (1ª Linha de Defesa). A nossa área de Risco Operacional é responsável por implementar as políticas, procedimentos, sistemas, processos e controles relacionados ao Gerenciamento dos Riscos Operacionais para garantir a identificação, a avaliação e o monitoramento dos riscos operacionais associados à instituição, com o objetivo de mensurar os riscos e adotar medidas capazes de aliviar, quando necessário.

A área de Risco Operacional atua de maneira independente das áreas de negócio da instituição e está alocada na Superintendência de Riscos & Planejamento de Crédito e Cobrança, que por sua vez reporta à Diretoria de Riscos, Créditos e Cobrança & BI.
 
Gestão de Capital
Gestão de Capital é um processo contínuo de avaliação, monitoramento e controle do capital frente aos riscos incorridos pela instituição, além de planejamento de metas e de necessidade de capital de acordo com as estratégias adotadas.

O Carrefour Soluções Financeiras mantém um nível adequado de capital em relação aos seus ativos e passivos por um processo compatível e consistente com a gestão dos riscos de liquidez, mercado, crédito, operacional e outros riscos relevantes, bem como com suas metas orçamentárias, que visam garantir, de forma segura, a manutenção e suficiência de capital.

A área de Gestão de Riscos é responsável pelas atividades relacionadas à Gestão de Capital, o que permite essa segregação de funções e a adequação de suas atividades à complexidade e às características das operações do Carrefour Soluções Financeiras.

Operações de Crédito: o que você precisa saber

O que é o SCR (Sistema de Informação de Crédito do Banco Central)?

O SCR é um banco de dados com informações sobre o montante das operações com características de crédito e suas eventuais garantias realizadas por pessoas físicas e jurídicas junto às instituições financeiras no Brasil.

Qual a finalidade e uso do SCR?

O SCR deve prover o Banco Central de informações sobre o montante dos débitos e responsabilidades decorrentes de operações com características de crédito realizadas junto às instituições financeiras por ele fiscalizadas. Desta forma, tem o objetivo de avaliar o risco de crédito a que estão expostas essas instituições e de proteger os recursos depositados pelos cidadãos.

Qual a melhor forma de consulta às informações do SCR?

As informações do Sistema de Informação de Crédito do Banco Central são referentes ao histórico dos clientes dos últimos 13 meses e só podem ser consultadas pelas instituições financeiras mediante prévia autorização do cliente, sendo que este poderá acessar seus dados no SCR por meio da Central de Atendimento ao Cidadão do Banco Central.

Como alterar as informações do SCR?

As manifestações de discordância e os pedidos de correções, exclusões e registro de medidas judiciais devem ser dirigidos à instituição financeira responsável pela informação, por meio de requerimento escrito e fundamentado do cliente, acompanhado da respectiva decisão judicial, quando for o caso.

Para mais informações, consulte o site do Banco Central do Brasil.

Relatórios