Pular para o conteúdo

Saiba como controlar as finanças por meio de uma planilha de gastos

Saiba como controlar as finanças por meio de uma planilha de gastos

Educação Financeira

Organizar

8 Apr 2020

Saiba como controlar as finanças por meio de uma planilha de gastos

Quer entender melhor como pode controlar seus gastos através de uma planilha? Aprenda como nesse post!

Escolha como quer aprender:

Quem já faz o controle financeiro das contas do mês sabe que este é o melhor caminho para conquistar tranquilidade no bolso, fazer contenção de gastos e atingir seus objetivos de forma mais direta.

O Carrefour Soluções Financeiras tem esta planilha de gastos onde você pode listar todas as suas despesas por categoria e anotar o que entra e o valor que sobra todo mês. Se você estiver bem familiarizado e já tem o hábito de anotar tudo nela, é hora de avançar!

Vamos dar dicas para você usar sua planilha mensal de uma forma mais elaborada, para olhar à frente e ter sucesso no seu planejamento financeiro.

 

Vantagens da planilha de gastos

Imagine chegar ao fim do ano sabendo quanto de dinheiro entrou de todas as fontes de renda, quanto gastou com cada tipo de despesa, quanto sobrou e quanto suas aplicações renderam. Com o retrato da situação financeira em um geral, fica mais fácil de identificar problemas e oportunidades e saber exatamente se (e quando) uma nova despesa pode ser aberta, como trocar de celular ou viajar de férias. Outra grande vantagem da planilha com planejamento futuro é a facilidade para estabelecer quantias anuais para gastos não essenciais, como roupas, viagens, restaurantes e presentes. Como esses gastos variam muito ao longo dos meses, é melhor definir uma quantia razoável para essas categorias o ano todo e manter a organização do controle financeiro. Quando se aproximar do limite que estabeleceu, você perceberá que é preciso conter esse tipo de gasto.

 

Saiba quais serão seus gastos no futuro

Se a planilha de gastos focava nas despesas realizadas a cada mês, o pulo do gato agora é projetar gastos e ganhos do futuro. Nessa estratégia, você insere estimativas de quanto vai gastar com todas as categorias de despesas fixas e variáveis nos próximos meses e os valores de prestações que ainda não foram quitadas. Você também deve acrescentar linhas para os gastos estimados com despesas eventuais, mas previsíveis, como consulta de rotina ao dentista, compra de material escolar, manutenção do carro ou festas de aniversário. Por exemplo: na coluna do mês do aniversário do seu filho, você pode anotar a estimativa para a despesa com uma comemoração. Na coluna do mês de janeiro, você coloca a estimativa para o gasto com material escolar – e assim por diante. Para fazer essas estimativas, procure na fatura do cartão de crédito, canhoto de talão de cheques ou extrato bancário o quanto gastou com esses itens no ano passado e quando cada despesa foi efetuada. Ao longo do ano, aparecem despesas novas e outras são eliminadas. Se tiver ideia de quando isso vai acontecer, fica mais fácil planejar seus gastos. Com esse controle, também dá para se preparar para os reajustes anuais de planos de saúde, renovação de seguro do carro e mensalidades escolares.

 

Foque na renda mensal

Não é só a sua despesa que aumenta ou diminui. Em alguns meses, sua renda também varia, por exemplo, com o 13º salário, adicional de férias, bonificação, restituição do imposto de renda ou faturando mais na alta temporada do seu setor, caso você seja empresário ou autônomo. Anote esses valores maiores previstos nas colunas dos meses em que esse dinheiro vai chegar. Essa projeção de despesas e ganhos ao longo dos meses permite que você saiba quando seu orçamento vai ficar mais apertado e quando terá alguma folga para investir ou fazer um gasto maior, como a compra de um eletrodoméstico.

 

Planeje o futuro na sua planilha

Sua planilha também deve incluir seus investimentos ou poupança para atingir objetivos específicos. Da mesma forma que você colocou uma linha para cada tipo de despesa, defina uma linha para cada aplicação ou fundo de investimento. Anote o saldo de cada um todos os meses. Assim, você terá o prazer de ver seu dinheiro crescer, saberá direitinho as aplicações que estão rendendo mais e quanto falta para atingir suas metas. Se você ainda não tem um programa de planilhas no seu computador, celular ou tablet, saiba que existem opções gratuitas que também ensinam a lidar com o programa. O Google, por exemplo, tem um modelo pronto para ser usado e ainda dá dicas de como preencher os campos. Com esse conhecimento, você poderá ampliar e modificar sua planilha, tendo em mente novas obrigações e novos objetivos.

 

Como fazer o controle de gastos se você mora com mais alguém

Se você divide a renda e as despesas da casa com alguém, a dica é fazer planilhas separadas para depois discutir se vale a pena juntar as duas. Afinal de contas, cada pessoa lida com dinheiro à sua maneira, mas precisa fazer seu próprio controle. Aproveite que está montando uma planilha mais completa para conversar com a família sobre os gastos de rotina, as oportunidades para economizar e o quanto estão guardando para o futuro. Este é um ensinamento precioso para seus filhos, que terão uma vida adulta muito mais fácil se souberem lidar com um orçamento desde cedo. Organização financeira que ajuda na contenção de gastos é um elemento essencial para o bem-estar e a tranquilidade de qualquer pessoa. Separe um tempinho para esse acompanhamento mensal, continue aprendendo e assuma o comando das suas contas sem medo!