Pular para o conteúdo

Golpes com cartão de crédito: conheça algumas dicas de segurança para evitar ser vítima deste tipo de crime

Golpes com cartão de crédito: conheça algumas dicas de segurança para evitar ser vítima deste tipo de crime

Meu Cartão Carrefour

Quero Saber

15 Jul 2020

Golpes com cartão de crédito: conheça algumas dicas de segurança para evitar ser vítima deste tipo de crime

Seja por meio de telefonemas, e-mails ou boletos falsos, saiba quais são principais modalidades de fraudes envolvendo cartão

Escolha como quer aprender:

O cartão de crédito, sem sombra de dúvida, se tornou um dos meios de pagamento preferidos dos brasileiros. Seja no momento de realizar as compras no hipermercado, adquirir eletrodomésticos ou pagar contas, o cartão já faz parte da rotina de serviços financeiros dos mais variados perfis de consumidores. Mas ao mesmo tempo que é cada vez mais utilizado, o produto se tornou uma oportunidade para que criminosos se aproveitem e apliquem golpes, explorando a boa fé da população.

Para conscientizar e evitar que nossos clientes sejam vítimas deste tipo fraude, o Cartão Carrefour reuniu as principais modalidades de crimes envolvendo cartão de crédito e as melhores maneiras de se proteger. Confira!

 

Golpe do Motoboy, boleto falso e golpes via e-mail: Saiba quais são as fraudes mais populares

 

Golpe do Motoboy

Uma modalidade de crime que tem ficado cada vez mais recorrente é aquela em que golpistas ligam para a casa do consumidor simulando ser da Central de Segurança do Banco e informam que o cartão de crédito do titular foi clonado. A parti daí, solicitam número cartão e a senha do cartão, explicando que um motoboy está indo pessoalmente retirar a via atual, sinalizada como clonada. O principal foco, nessa situação são os idosos.

Como evitar: É importante saber que a equipe do Cartão Carrefour entra em contato apenas por e-mail ou telefone, seja via ligação ou SMS, não encaminha áudios, nem realiza visitas presenciais aos seus clientes. Em hipótese alguma recolhe cartões na residência ou solicita a sua entrega a qualquer pessoa mesmo que essa se identifique como funcionário, e nunca solicita o envio de senhas ou o código de segurança do cartão.

 

Boleto falso

Boletos de pagamento similares ao do cartão de crédito são enviados para residência dos clientes. Visualmente, a comunicação é bem semelhante e muitas vezes, traz até os logos, fontes e referências do documento verdadeiro.

Como evitar: Para não cair neste golpe, é fundamental analisar o boleto recebido e comparar com os anteriores. Outra dica é ficar atento ao padrão do documento, sempre identificado pelo código do banco, no caso do Cartão Carrefour, 237 ou 368. Importante também verificar se o código de barras não está borrado e se os três primeiros números da linha digitável estão iguais ao código do banco.

 

Fraudes via e-mail, SMS ou site

Nestes casos, a vítima recebe um e-mail, SMS ou mensagem de site que parece ter sido enviado pelo banco, mas que na verdade vêm dos fraudadores. Essas mensagens normalmente solicitam o envio de dados pessoais como endereço, nome completo, número dos documentos ou mesmo os próprios números do cartão de crédito.

Como evitar: Nunca clique em links ou abra anexos de e-mails desconhecidos. Além disso, jamais forneça a senha do seu cartão para terceiros, e evite utilizá-la em computadores de uso público, tais como universidades, lan houses, entre outros. Vale, também, sempre contar com um anti-vírus atualizado tanto no computador pessoal, quanto no celular.

 

Como saber se a comunicação é oficial?

Para garantir que aquela mensagem, e-mail ou link é algo realmente verdadeiro, vale sempre ficar atento aos contatos da instituição financeira responsável pelo cartão crédito. No caso do Cartão Carrefour, todas as comunicações partem de duas fontes principais:

E-mails com domínio: @carrefoursolucoes.com.br

SMS: 30120, 28420 ou 26584

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente.