Pular para o conteúdo

Dicas do que fazer em casa durante a quarentena

Dicas do que fazer em casa durante a quarentena

Informações sobre o Coronavírus (COVID-19)

14 Apr 2020

Dicas do que fazer em casa durante a quarentena

Quarentena não precisa ser sinônimo de ociosidade. Confira algumas sugestões do que fazer em casa durante o período de isolamento social.

Escolha como quer aprender:

Trabalho em home office. Clubes e academias fechados. Cinemas, parques, bares, casas de show e festas também.

Em um cenário de isolamento social, um dos principais desafios é o combate à ociosidade. Como deixar o dia a dia mais agradável, com atividades prazerosas, positivas e que também não coloquem em risco a saúde?

Diversificar é importante para tornar a rotina mais interessante, principalmente para quem precisa conciliar as tarefas de casa com o trabalho remoto.

Muita gente está em busca de novas atividades para fazer durante o período de quarentena. E isso faz muito sentido, uma vez que o aprendizado de novos hábitos é essencial para que a ociosidade e a preguiça não falem mais alto!

A seguir, separamos algumas dicas de atividades que podem ser colocadas em prática durante o isolamento social.

 

Crie (ou mantenha) uma rotina

Estar em casa pode criar a falsa sensação de que você tem todo tempo do mundo e não precisa obedecer horários. Isso, porém, contribui para dias caóticos e pouco produtivos.

Por isso, uma boa prática é continuar mantendo o horário habitual de acordar e manter seu planejamento em mente durante o dia.

Os horários das refeições também precisam ser estabelecidos, principalmente para quem tem crianças em casa e quer manter uma alimentação saudável.

Para quem não tinha costume de trabalhar de forma remota, dividir os horários e o espaço de trabalho é outra estratégia importante para levar o dia de forma mais organizada.

 

Faça cursos online

O período de quarentena pode ser aproveitado para entrar em contato com novas áreas do conhecimento e até turbinar o currículo.

Algumas plataformas disponibilizam cursos online gratuitos, como o da Ivy League que compila instituições de ensino internacionais: Harvard, Princeton e Yale estão entre as oito do grupo. Na plataforma, também estão disponíveis cursos como Arte e Design, Negócios e Ciências Sociais, Engenharia e Medicina.

O Senac de São Paulo disponibilizou 24 cursos gratuitos, organizados em extensão universitária e cursos livres.

O governo federal também liberou uma plataforma com 674 cursos gratuitos de qualificação profissional. O objetivo é auxiliar empresários e trabalhadores que buscam aprimorar as habilidades durante o período de quarentena. O cursos estão na página Todos por Todos.

E para as crianças também existem opções! A campanha Em casa com a Faber-Castell tem o objetivo de estimar habilidades de desenho ao disponibilizar 17 cursos online, bem práticos e de fácil interação.

 

Organize a casa

Sabe aquele guarda-roupa que você sabia que precisava organizar mas, por falta de tempo, nunca conseguiu? Agora pode ser o momento!

A arrumação dos armários e guarda-roupas pode ser separada por dias da semana ou de acordo com os cômodos da casa. A ideia é organizar tudo aos poucos, partindo também para gavetas e outros compartimentos da casa que precisam de uma organização.

Essa atividade também pode ser um ótimo momento para separar roupas, calçados e cobertores que você não usa mais e que podem ser doados.

Separe em caixas ou sacos de plástico, de acordo com os tipos de roupas e sapatos. Depois, pesquise por instituições que aceitem doações e envie assim que a quarentena terminar.

 

Mude os móveis de lugar

Aproveitando o ritmo de arrumação de armários e gavetas, outra dica é mudar a disposição dos móveis da casa. Na cultura chinesa, existe uma técnica própria para organizar espaços para atrair boas energias da natureza: o Feng Shui.

De acordo com a técnica, é importante mudar os móveis de lugar, de tempos em tempos.

Assim, a energia da casa, que estava "depositada" nos móveis, pode circular e ser renovada. O Feng Shui mostra aos adeptos que as posições dos móveis, da entrada da casa, cozinha e até dos quartos podem influenciar em como levamos a vida: de forma mais leve, ou não.

Para quem gosta de aprender mais sobre novas crenças e culturas, além de mudar a disposição dos móveis e dar um novo ar para a casa, pode ser uma ótima oportunidade de aprender mais sobre esta técnica.

 

Leia um livro (ou vários!)

Se antes a correria do dia a dia era um empecilho para colocar a leitura em dia, agora, na quarentena, pode ser possível dar uma chance para este hábito.

Muitas livrarias estão apostando ainda mais nas entregas dos pedidos de livros e, outras, disponibilizando e-books gratuitos.

A Amazon liberou alguns títulos de e-books gratuitos, que vão desde lançamentos da literatura, a clássicos nacionais e internacionais, HQ's, mangás e outros estilos. O mesmo foi feito pela editora Companhia das Letras e pela Boitempo.

 

Se exercite dentro de casa

Em tempos de academias e clubes fechados, a internet é uma aliada no cuidado com a saúde. Mesmo para quem não tinha costume de fazer exercício físico antes da quarentena este pode ser o momento de encontrar uma atividade para chamar de sua.

Nas lojas de aplicativos dos celulares existe uma infinidade de apps que auxiliam nesta busca.

É possível encontrar opções tanto para quem já está acostumado com uma rotina de academia e procura por treinos mais intensos, quanto para quem quer começar a se exercitar.

Mas, lembre-se: é importante observar a condição física e respeitar os limites do corpo!

Além dos treinos, a ioga é outra atividade que busca cuidar da saúde física e mental. Além do universo dos aplicativos, no YouTube também é possível encontrar uma série de conteúdos, produzidos por instrutores, para auxiliar no aprendizado desta prática.

E, para qualquer uma das dicas adotadas, o interessante é que a atividade comece na quarentena, mas que possa se tornar um hábito para a vida!